quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Trabalhando pelo Blues com Tita Castro

Vou iniciar mais uma série no Blog, e agora vou trazer as pessoas que fazem algo para o Blues. Não são necessariamente músicos, mas pessoas que fazem com que o Blues sobreviva no Brasil.

A Tita Castro é uma produtora musical muito competente. Posso afirmar isso, pois participei junto com minha banda de dois festivais que ela promoveu.

Dedicada aos artistas do blues, ela tenta fazer com que a cena fique cada vez mais forte, e para isso ela não mede esforços, por este motivo eu trouxe ela para as páginas do blog.


TB: Quais as maiores dificuldades de ser uma Produtora Musical? E porque o Blues?

TC: "A dificuldade em produzir música tem muito a ver com a falsificação de cds e os novos meios de obter música (os conhecidos downloads) que prejudicam muito as bandas,
produtoras e gravadoras e envolvidos no setor da música.

Vou explicar...não que eu seja totalmente contra essa democratização da música mas se falarmos em termos profissionais isso complica e muito o trabalho das pessoas envolvidas com música, se levarmos em conta que a produção de um disco já não garante retorno devido para os envolvidos na área, imagina a situação de quem trabalha com música e se vê no meio de um duelo entre o 'acesso fácil e gratuito' e a 'venda dos cds e a produção de uma banda'? Fica praticamente inviável. Os 'custos na produção' x 'o lucro gerado' nesta produção não está nem empatando ultimamente, está no vermelho mesmo.

Mas ainda sim é um trabalho apaixonante em que muitas vezes trabalhamos por amor a música, não ao retorno que ela proporciona.

E o blues foi o estilo escolhido para meu trabalho com música, graças a Zona Blues, banda que abriu as portas para o meu trabalho como produtora e claro, pelo fato de ser amante do blues desde a adolescência, onde aprendi a ouvir este gênero tão importante e que me agradou desde a primeira vez que ouvi."


TB: Quais as características que uma Banda deve ter, para que você possa trabalhar com ela?

TC: "Só para resumir um pouco a história eu comecei trabalhando na divulgação dos shows da Zona Blues e de alguns amigos músicos que pediam para eu divulgar seus shows...mas foi depois da produção do meu primeiro Festival de Blues, começou a 'chover' bandas na minha horta...(risos)

E para eu poder classificar quais se encaixariam no meu trabalho, comecei a pedir às bandas seus materiais para que eu pudesse poder ouvir e classificar se tinham condições de entrar para a minha produtora. Este trabalho, apesar de cansativo em determinados momentos, posso dizer que foi de extrema importancia para a produtora, pois hoje em dia isso me ajuda muito a diferenciar os estilos, bandas e músicos que tem realmente o 'feeling the blues'.

Depois que comecei a produzir alguns festivais, até bandas internacionais me procuram para mostrar seu trabalho... só que infelizmente não posso trabalhar com eles, pois além
das dificuldades financeiras em trazê-los para o Brasil, eu acho que devo dar espaço é para os músicos brasileiros porque talento é o que não falta entre nossos músicos e eles já enfrentam muitas dificuldades na rotina de trabalho, então nada mais justo do que deixa-los mostrar o que sabem fazer."


TB: Você sempre esteve envolvida com Festivais de Blues. Você está planejando algum novo Festival?

TC: "Eu sempre estou envolvida com projetos, festivais, shows e produção de cds e bandas de blues. Isto começou a envolver meu trabalho de tal maneira que acredito que não consiga mais mudar de área.

Tenho procurado expandir um pouco para o rock clássico e ao jazz também, pois além de ser fã destes estilos musicais, muitas banda estão me procurando para produzi-los
Como estou reestruturando a produtora, quem sabe não começo 2008 com estas novidades na produtora...

Para 2008 tenho 3 festivais programados, mas ainda estou trabalhando neles.
Assim que eu puder falar mais, eu aviso a todos sobre os novos planos, festivais e novidades da produtora. "

TB: Muito obrigado por sua colaboração, deixo aqui este espaço para seus comentários finais.

TC: "Quero agradecer imensamente ao Roberto 'Terremoto'que cedeu este espaço importante para que eu pudesse falar sobre minha produtora.

Peço desculpas por alguns problemas ocorridos no meio desta estrada, mas acredito que eles façam parte inclusive do aprendizado de todos nós, músicos ou profissionais da área.

Quero deixar um abraço especial a algumas feras que me apoiam sempre e que me incentivaram a continuar mesmo naqueles momentos em que pensei jogar tudo pro alto...entre eles Bee Scott, Caio Ávila, Rodolfo Aguirre, Paulo Meyer, Ricardo Corte Real, Helton Ribeiro, aos meninos da Zona Blues ( pelas risadas, papos sérios e puxões de orelha), a todas as bandas de blues que trabalho, aos músicos que tenho como grandes amigos depois que comecei a trabalhar nisto, minha irmã Bizú, a milha filha de 'paciência da ausência' e a todos os amigos que sempre me deram muito apoio."
Contatos:

2 comentários:

Mateus Schanoski disse...

EU AMO A TITA! Ela faz essas produções com muita PAIXÃO!
Só não concordo em relação aos Downloads MP3 gratuitos, acham qua ajudam muito na divulgação de uma Banda. As gravadoras já eram e já estava na hora. Precisamos ver novas formas de Mídia q estão dando certo por aí, por exemplo, DVD, q ainda tem mercado, e downloads pagos, o CD já era!
Muito sucesso TITA! Amamos vc|
Mateus Schanoski
Tecladista
Paulo Meyer & The Burning Bush
www.paulomeyer.com

geniosa disse...

A Tita é uma batalhadora!!! Uma guerreira!

O que ela tem de mais latente e talvez, seja exatamente isso que a torne tão especial em meio a um turbilhão de pessoas que se acotovelam nesta área de produção...tita carrega a simplicidade e a alegria de acreditar no blues como paixão e não como um segmento alternativo.

Em mim ela tem uma amiga e tem o meu apoio!

Beijos em vc terremoto :)
Parabéns pelo espaço!
Bee Scott