segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Mestres das seis cordas com Gustavo Andrade

Gustavo Andrade é um guitarrista fantástico, para comprovar isso basta escutar o som da sua Banda Hot Spot, e você vai logo perceber que ele sabe muito bem o que faz com a guitarra.

Além de guitarrista ele é um ótimo cantor, e junto com Luiz Andrade (bateria) e Jonas Lima (baixo), coloca o Blues para rodar pelos palcos de Minas.

TB: Você é o primeiro representante do blues mineiro aqui no Blog, gostaria de saber como é a cena do blues por ai? Existem muitas Bandas? Tem muitos espaços para se tocar o blues?

GA: "As primeiras aparições e eventos relacionados ao blues em Minas surgiram em meados dos anos 80 com shows em bares, festivais ao ar livre e atrações como Celso Blues Boy, Big Allanbik, Blues Etílicos, Ray Charles, Magic Slim, Aeroblues, Blues & Company, Tribo de Solos, Cheap Tequila, Yellow Cab, Nasty Blues, Guilherme Bizzotto, Affonsinho, Bauxita, Legado Blues, Blues Alley, e a própria Hot Spot alavancando bastante a divulgação do blues por aqui. Nos dias de hoje o blues ainda tem seu espaço e público em Minas, e isso tende a crescer. Existem muitas bandas na ativa e cada vez mais aparecem bandas novas no cenário mineiro.

E falando em espaço, a Rádio UFMG tem um programa dedicado ao blues mineiro, confiram em: http://www.ufmg.br/online/radio/ "

TB: Pelo que pude notar, vocês da Hot Spot recebem muitos Bluseiros de outras cidades e estados. Como rola esses encontros?

GA: "Sim. Tenho um projeto chamado “Minas Blues Jam!” que tem como objetivo convidar músicos de todo o Brasil para uma “jam” com a minha banda Hot Spot e com isso trocar informações, lançar e divulgar o blues e esses artistas aqui em Minas. O projeto já contou com a participação de Cubanito (Cuba), Rodica (USA), Bruno Avanzato (Itália), Big Gilson (RJ), Big Joe Manfra (RJ), Jefferson Gonçalves (RJ), Leandro Ferrari (MG), André Carlini (SP), Andre Hommer (SP), Felipe Cazaux (CE), Carol Jacques (MG), Ted McNeely (MG), Samir Chammas (MG), Bauxita (MG), Guilherme Bizzotto (MG), Loretta (MG), Rodrigo Nézio (MG), Marcelo Morais (MG) entre outros."

TB: O CD da Hot Spot tem sons próprios? Conte um pouco sobre ele.

GA: "Em 2008 vamos lançar o primeiro da cd Hot Spot pelo “Blues Time Records”, o maior selo de blues do Brasil. O objetivo desse cd é fazer releituras mais modernas de clássicos do blues-soul. Além dos músicos da banda, Gustavo Andrade (vocal e guitarra), Luiz Andrade (bateria) e Jonas Lima (baixo), o cd “Feeling Alright” conta com a participação especial de Jefferson Gonçalves (gaita), Robson Fernandes (gaita), Big Joe Manfra (guitarra), Leandro Ferrari (gaita), Manoel Barbosa (Flügel) e Raphael Negromonte (teclados)."

TB: Infelizmente nunca vi você tocando ao vivo, mas os sons que você tem gravado dá para perceber a fluência do blues, como você chegou a este patamar? Você ainda estuda?

GA: "Sim. Sempre estudando e pesquisando música.

Desde muito novo sempre tive uma boa influência musical na família. Meu bisavô era um cantor flamenco, meu avô pianista, tio-avô trompetista, meu pai violonista e meus irmãos mais velhos, um guitarrista e o outro baterista. Escutei de tudo um pouco, desde o flamenco, passando pelo samba, ritmos latinos, mpb e bossa nova até o blues, o jazz, o soul, pop e o rock. Como todos lá em casa também sou auto-didata e não gosto muito de um modo formal de estudo mas cheguei a cursar 2 anos de violão erudito já com meus vinte e poucos anos.

O blues é o ritmo-mãe de quase todos os estilos populares em todo o mundo e tenho ele como o meu predileto. De tanto escutar acabei aprendendo. E não fiquei só na música, também sou bacharel em Administração e atualmente estou cursando MBA em Marketing na Fundação Getúlio Vargas. "


TB: Muito obrigado pela ajuda, agora quero deixar um espaço para seus comentários finasi.

GA: "Em primeiro lugar gostaria de agradecer pelo convite para essa entrevista. Espero que todos se interessem cada vez mais pelo estilo blues e pela música feita com arte. Visitem nossa página no “Myspace” pra conhecer um pouco mais sobre a banda e escutar algumas músicas do nosso cd. Um grande abraço à todos."


(Hot Spot e Jefferson Gonçalves)

Veja e escute mais:
- Minas Blues Jam
- Hot Spot


Um comentário:

Marcus Mikhail disse...

Gostei muito do so da Hot Spot. Cada vez que escuto bandas desse 'calibre', fico tranquilo em relação a qualidade do blues realizado no Brasil.

Abraços

Marcus Mikhail
www.bluesmasters.blogspot.com