domingo, 10 de agosto de 2014

Aprendendo com os Mestres Léo Maier e Don Morcego

Hoje o post é dedicado ao aprendizado e para isto temos dois Mestres Nacionais Léo Maier, falando  de fraseados de grandes lendas do Blues e o Mestre dos Slides Don Morcego, falando sobre diferentes tipos de slide e técnicas.

Vamos nos divertir:

terça-feira, 17 de junho de 2014

Gasolines - Pura Veneta


Hoje recebi um link que me despertou curiosidade. Sonny Rocker, que é sem sombra de dúvida um dos melhores baixistas de Rockabilly nacional, me encaminhou um endereço com um álbum de sua banda de música instrumental.

A Música Instrumental pode ser classificada de duas formas, monótona ou fantástica e  na maioria das vezes, na minha opinião, se encaixa na primeira opção.

Surpreendentemente o álbum é fantástico, nenhuma faixa é igual a outra, todas elas são repletas de detalhes e não é possível escutar apenas uma vez cada uma delas.

O álbum Pura Veneta é inteligente, divertido e de muito bom gosto.

A Banda é formado por Alexandre Kanashiro na Guitarra, Sonny Rocker no contrabaixo, Fabio Barbosa na Bateria e Saico Padovano nas vozes e percussões.


 Veja mais:  Gasolines no FaceBook




sábado, 21 de dezembro de 2013

Na Estrada do RockaBilly com Dan Rocker


A rebeldia dos anos 50 se renova toda vez que ele está empunhando sua guitarra e tem à sua frente, um microfone ligado.

Dan Rocker é um dos músicos que mantém o RockaBilly pulsando nas pistas brasileiras, que entre um show e outro, teve um tempinho para nos conceder esta entrevista exclusiva.



TB: Uma pergunta que é impossível de não fazer, como você chegou à tortuosa estrada da música e o que te fez escolher cantar e tocar guitarra?

DR: "Primeiramente queria agradecer ao espaço pela entrevista e muito sucesso para o Blog e para seus projetos Roberto.

Vamos La: Comecei na musica por volta dos 13 anos de idade,  um belo dia vi um especial dos Beatles na extinta TV Manchete, fiquei impressionado com aquele estilo musical e o jeito do George e John tocarem guitarra, fiquei tão alucinado com aquilo que ganhei minha primeira guitarra, Uma Memphis modelo stratocaster da Tagima. Daí então fui aprimorando meu estilo musical, e quando vi já estava tocando e cantando musicas de diversas bandas dos anos 60.


Dois anos depois, montei minha primeira banda, os THE SILVERS, a gente tocava apenas anos 60, no caso eu tocava guitarra e cantava nessa banda. Agora uma curiosidade nunca revelada; um tempo depois, em 2003, assisti uma apresentação da recém formada READY TEDS, e fiquei impressionado com o estilo de tocar Rockabilly. Eu já gostava muito das musicas do Elvis, Eddie cochran e etc, possuía muito material 50’S, mas não achava graça tocar, ate ver os TEDS mandarem summertime blues no AERO LANCHES. Daí então, mudei toda a proposta dos THE SILVERS, a banda mudou o estilo para Rockabilly, me aprimorei no estilo de tocar e cantar rockabilly, comprei uma guitarra acústica CONDOR JC 16 que me acompanhou durante anos, tocamos na KISS FM, no KISS CLUB, abrimos vários shows, tocamos em festas de rockabilly em SP, e 
quando fui ver o tempo passou e o destino me colocou na banda READY TEDS hoje em dia, no qual já estou a quase 5 anos.."

TB: Você é um ótimo guitarrista de Rockabilly e além de tocar, canta muito bem. Você prefere tocar, cantar ou para você um é complemento do outro?

DR: "Bom, no meu caso, eu acho um complemento, não me sinto a vontade de só tocar, ou só cantar... Claro que isso vai de cada um, mas no meu caso gosto mesmo de expor toda a energia que sinto do publico nas apresentações tocando e cantando na linha de frente, é uma espécie de ping pong... Recebo a energia, e devolvo pra galera com mais energia ainda. Eu acho que não conseguiria ser um guitarrista ou apenas vocalista, faltaria algo.. Com certeza!"

TB: O Blues é o pai do Rock’n’Roll, e é praticamente inevitável fugir das raízes. Mas gostaria de saber de você, o que divide os dois estilos? O que você usa do Blues no Rockabilly?

DR: "Bom... esse assunto poderia levar muitas linhas discernimento, Porem vou ser breve no MEU ponto de vista> No meu estilo de tocar, é como se estivesse tocando um blues acelerado. Mesmas escalas, feeling... Porem com uma pegada e técnicas de rockabilly guitar. Já me descreveram uma mistura de Brian Stezer com chuck Berry (risadas) não acho isso, mas todo comentário e critica deve ser ouvida..."

TB: No seu ponto de vista, o que você acha da situação atual do cenário do Rockabilly no Brasil?  
DR: "Bom, esse tipo de musica,continua underground, porem o estilo de se vestir já esta mais difundido ate em grandes lojas e marcas que estão relançando o visual Retro. 


Hoje em dia temos diversas festas de rockabilly, diversas bandas, o acesso a informação esta bem mais fácil com a internet, porem tem uma coisa que notei, e acho um pouco ruim para o cenário: Temos muitas bandas que começam, e acabam muito rápido. E também vejo que os músicos costumam tocar em diversas bandas, perdendo assim o foco do projeto.. 

Vou citar um exemplo> veja bem as duplas sertanejas, Milionário e José Rico não vão se separar e chamar Milionário e Fulano de Tal.. Eles acreditam e são fieis a proposta. Agora, hoje em dia o cenário esta muito mais pra banda com um bando de músicos do que um grupo de rockabilly. Claro que, não vou generalizar, isso são exemplos isolados, o Brasil esta cheio de Músicos excelentes levando o Som rockn roll, rockabilly para essa jovem e nova geração."

TB: Dan Rocker, é um grande poder ter realizado esta pequena entrevista com você, gostaria de deixar este espaço para suas considerações finasi.

DR: "O prazer foi todo meu Roberto, desejo sucesso pra você, sempre, e que continue tocando e levando o blues e o rockabilly juntamente com a Ready Teds nesse nosso pais tropical! ( Risadas )

E um recado para os leitores do blog, é que se você não ouviu ainda o Rockabilly, existem grandes bandas facilmente encontradas na internet, e deixo aberto o convite para Assistir uma apresentação da banda no qual faço parte, READY TEDS para curtir esse som contagiante que tanto amamos!

E pra quem conhece o Rockabilly... LETS ROCK FOLKS!!!"



Veja mais:


quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Na Estrada do RockaBilly com Joanatan Richard

Caruaru nos presenteou com um músico que nasceu para fazer diferença, e para nossa sorte,  o Blog Terremoto Blues tem o prazer de trazer uma entrevista muito bacana com um Pernambucano incrível.

Dono de uma voz marcante e uma técnica de guitarra, que passeia entre o Blues e o Rockabilly, Joanatan Richard nos conta um pouquinho de sua trajetória musical.



TB:  Joanatan Richard, a sua carreira transita entre as estradas do Blues e do Rockabilly, conte como o amor pela música surgiu e como você foi parar nessa encruzilhada.

JR: "Sim, correto, Elvis Presley foi a primeira porta para eu curtir rock dos anos 50, na sequência veio o blues e outros gêneros relacionados.

A paixão por tudo isso sempre foi bastante motivada por filmes como, "La Bamba", "The Girl Can't Help it", e ao descobrir a força do blues, percebi que poderia expressar ainda mais meus sentimentos, minha história e essência e minha origem!"

TB: Para você, qual a diferença e as semelhanças do Blues e do Rockabilly?

JR: "Pra mim a diferença está principalmente na questão étnica e cultural, o blues como já sabem de origem afroamericana, é como uma mutação da forma que os ancestrais faziam os sons, o rockabilly traz o formato mais fincado no western bop, hillbilly, bastante influenciado pelo blues. Acho que são vários tipos e variações em ambos.

Segundo Rudy Tutti Grayzell falou pessoalmente, ele estava tocando violão de uma forma diferente, Roy Orbison perguntou, 'o que é isso, Rudy?', e ele chutou, 'é rock com hillbilly, Rock-a-billy'.

Então acho que são estilos de tocar de diferentes regiões dos USA que se somaram."

TB: Você lançou seu álbum a pouco tempo, quais foram as suas maiores dificuldades e sucessos deste trabalho?

JR: "Sim, o CD "Rockin' This Crazy World", ainda é bem recente.

As dificuldades são as de sempre, eheh, conseguir recursos para produção como um todo, patrocínio do setor privado é muito difícil em minha região. Depois de tudo pronto, a dificuldade é distribuir e vender, mesmo com a facilidade da internet, distribuidores virtuais.

Abri um selo há alguns anos, Ipojuke Records, a tenho trabalhado sempre em busca de novas parcerias no cenário onde mais atuo."

TB: Quais são seus projetos atuais e o que você pretende para o futuro?

JR: "Atualmente estou gravando novas canções para um split álbum com a banda Nicotyna do México (Cidade do México), também pretendo lançar algo meu em vinil.

Também gravei duas músicas para um CD tributo a The Cramps, com bandas das Américas do Norte e do Sul.

Para o futuro se Deus quiser, pretendo tocar fora do Brasil, de preferência em outros continentes, pois é uma das coisas que faltam para minha carreira, pois graças a Deus foram muitas conquistas dentro do que considero 'sucesso'."

TB: Man, é uma grande honra ter suas palavras publicadas no Blog, deixo aqui um espaço para suas considerações finais.

JR: "A honra é toda minha, muito obrigado!

Muita gente acha que não tem rock no NE, pelo menos acho que não sou (assim como outros) fruto de um mero acaso, lá é diferente sim, mas não como muitas vezes somos descritos, só se pode falar de algo que já viu, já foi, se conheceu bem.
Não comento isso por bairrismo, mas a título de informação, pois é algo tipo, fora do Brasil acharem que aqui é uma selva, só tem índios e Rio de Janeiro, ehehe
Entrem em contato, adquiram meu CD.

Deus abençoe a todos!"

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Joanatan Richard - My Baby, Baby

Joanatan Richard é dono de um vocal rasgado e um poderoso domínio da guitarra.


sábado, 26 de janeiro de 2013

Toth's Music News

O grande professor Paulo Toth tem um trabalho muito bacana na web, que inclui dicas e aulas de guitarra.

Além do trabalho educativo, ele tem o  programa Toth's Music News, que mistura muitos assuntos relacionados à música.

Vídeo da Semana com Léo Maier - Walkin' Blues

Léo Maier é um bluesman completo, basta assistir seus vídeos em seu canal do youtube cara constatar o talento deste jovem.

Selecionei um que me emocionou quando escutei o silde:



Assista mais: Canal Léo Maier

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

BluesBR - A Saga continua.

Dando continuidade aos documentários BluesBR, meu grande amigo Edu Gaspar disponibilizou mais dois capítulos:

Ivan Marcio


Ricardo Vignini


sábado, 10 de novembro de 2012

Blues na Pauliceia

12 entrevistados, mais de 30 anos de história.
Um retrato do que e quem é o blues paulistano.


sábado, 4 de agosto de 2012

Vídeo da Semana - On The Blues Way (Zazou Bluz)

A Banda Zaziu Bluz é da cidade de Londrina no Paraná e neste vídeo mostra todo o poder de seu Blues.

Ele vão estar no CD Máfia da Mortadela Vol. 2, com outro som poderos.

Assista o vídeo e confira mais sobre a banda no site: http://www.bandadeblues.com/