terça-feira, 30 de outubro de 2007

Cozinha do Blues com Victor Busquets

Este é um dos melhores bateristas que já vi tocando ao vivo, incluindo os bateristas americanos. Dono de uma técnica magnífica, Victor Busquets é sem duvida um nome a ser lembrado, pois com toda certeza ele vai entrar para listas do melhores bluseiros do Brasil.

Os limites para este músico, vão além de nossas fronteiras, pois a perfeição de sua música é algo que não posso descrever em palavras. Ele está pronto para conquistar o mundo.

TB: Hoje você toca em 3 projetos, Zona Blues, Comparsas do Nogueira e na Robson Fernandes Band. Quais as diferenças e semelhanças do seu trabalho nos projetos?

VB: “É, atualmente tenho 2 grupos de blues, um que tem a gaita em primeiro plano ( Robson Fernandes) , eu acho moderno e bastante explosivo , isso por causa do estilo do Robson de tocar e pela intenção que agente sempre pensou em mostrar, o outro é da Zona Blues que é um grupo de blues que faz letra em português, também com muitas influências , como texas blues ,levadas de funk e jump, atualmente agente ta gravando o 1º disco de músicas próprias, já o Comparsas é um trio bastante livre , é de Fusion e tem intenções desde o progressivo ao freejazz, improvisação e temas 'tortos' ,tem composições de todos, mas ambos os grupos com improvisações e uma maneira de tocar intensa.”

TB: Você é um baterista novo, com 24 anos de idade, mas no palco você demonstra uma experiência infinitamente superior a sua idade real. Quanto tempo você toca bateria? Você ainda estuda?


VB: “muuuito obrigado ! toco desde os 14 anos de idade , comecei a tirar músicas de rock e metal progressivo,logo após o progressivo comecei a pirar no jazz e fusion, depois fui pegar aula e estudar técnica no jazz/musica brasileira com o Cuca Teixeira, Las Casas, Alex Buck, Sandro Haick e Sergio Gomes( na faculdade FAAM) , ainda estudo sempre que posso, tiro músicas e toco junto, estudo técnica e vejo shows , atualmente estudo piano/harmonia, to compondo e escrevendo bastante... quem sabe um futuro projeto.”

TB: O que você espera do cenário do Blues Brasileiro? Você acha que temos futuro?

VB: “Eu acho que tem muito músico bom por ai, principalmente em lugares que nunca ninguém ouviu falar, gente com estilos completos, grupos muito bons mesmo, o que falta mesmo é organização, o blues é mau visto querendo ou não, a união é necessária, virar uma cena e gerar interesse( agente existe !! ) , tem futuro com certeza mas também tem muita falsidade por trás(como qualquer outro estilo), gente que fica se achando bluesman, uma briga de ego , não sou nada... e nem quero ser , quero só tocar rs , mas vejo isso bastante e ignoro.”



TB: Acredito que você é um dos melhores bateristas de blues no Brasil, você já pensou em fazer sua carreira fora de nosso país?

VB: “Penso bastante nisso, mas acho que ainda não estou pronto, quero obter mais experiência e fazer mais trabalhos concretos ... pra ter o que mostrar lá fora, mas penso muito em ir pra fora sim, a cultura nesse país é complicada...e é fácil se desmotivar pra quem não tem o mínimo de nome.”

TB: Estou muito feliz por estar fazendo este artigo com você, gostaria de agradecer e deixar este espaço para seus comentários finais.

VB: "Agradeço imensamente as perguntas aqui Roberto, seu blog é um fanzine com informação de verdade! E isso é muito importante!! Pra mim foi o maior prazer fazer parte dele e te conhecer, qualquer coisa que eu puder ajudar estou a sua disposição!"



Victor, Muito obrigado..... Paz e Blues !!!

Veja e escute mais:
- Zona Blues(myspace)
- Zona Blues(site)

4 comentários:

eagaspar disse...

Marcelo esse cara é um animal na bateria, um puta estilo, alem de tocar muito, só tome cuidado pra não bater a cabeça no bumbo da bateria, um abraço Marcelo, e por nosso Roberto Gande espaço

Fernando disse...

legal !! O Vitão é um batera que vive a música , ele fecha os olhos e desconecta tudo , é levado pela música ! parabens Vitão ! sexta to la no Venta ! Abraço !

Crotti disse...

Um grande baterista com certeza. Victor vibra e transmite muita energia ao tocar.
Realmente ele quebra tudo.

Abração

Marcus Mikhail disse...

Esse cara é bom mesmo !!! Assim como todos os outros músicos do cenário bluseiro que estão passando por aqui.

abraços